sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

É amando que se encontra a felicidade


Também disponível em MP3.


Programa de 04/Dezembro/2008. Neste vídeo Pe. Fábio lê uma carta que compara o vinho ao ser humano, dizendo que apenas os vinhos bons ficam melhores com o passar do tempo, semelhante às pessoas de bom caráter, que esforçam-se para ficarem melhores com o passar do tempo. Ricardo Sá, que foi o convidado especial do programa, então partilha sobre uma palavra que recebeu em oração, dizendo que o amor que cura e liberta, não é o amor que dizemos precisar, mas sim o amor que estamos dispostos a dar gratuitamente aos outros. Quanto mais nós nos lançamos na árdua tarefa de amar o próximo, mas curas ocorrem em nossas vidas. As pessoas que reclamam que "ninguém gosta de mim, ninguém me ama" deveriam parar de reclamar e passar a amar mais, pois somente amando que serão amadas.
Postar um comentário