sexta-feira, 26 de setembro de 2008

O sentido de fazer promessas


Também disponível em MP3.


Programa de 18/Setembro/2008. Aqui neste vídeo Pe. Fábio nos lembra que uma promessa feita pra Deus não pode ser considerado uma espécie de compra, como se Deus fosse um mercado em que nós pedimos as coisas, recebemos e então pagamos. Não é assim, a promessa é algo associado à infância da fé, não tendo mais tanto sentido quando amadurecemos, pois precisamos ser bons e agir corretamente mesmo quando Deus não nos atende em nossos pedidos, do contrário, se só formos bons quando Deus nos atender, então não estaremos vivendo o cristianismo.

A promessa faz mais sentido quando é feita entre as pessoas, pois serve como instrumento de construção de confiança. Conforme uma pessoa vai fazendo promessas pra você, e as vai cumprindo, a sua confiança nela vai aumentando, até chegar um momento em que a promessa não será mais necessária, pois a confiança já estará estabelecida entre as duas pessoas. Com Deus isto é desnecessário: Ele não precisa nos prometer nada pois nós sabemos que Ele é fiel e sempre cumpre suas promessas, e nós não precisamos fazer promessas para Ele porque Ele já nos sonda o coração, antes de a palavra chegar à nossa boca Ele já a conhece, Deus vê o coração, e sabe se o que dizemos é verdade ou não, não precisamos prometer nada.
Postar um comentário