sexta-feira, 4 de abril de 2008

Controlando a raiva


Também disponível em MP3.


Programa de 27/Março/2008. O raiva depende principalmente de dois fatores: um psicológico, o excesso de expectativas; e outro biológico, a falta de descanso. O excesso de expectativas consiste em projetar nos outros aquilo que esperamos que eles sejam, e quando não há correspondência com o idealizado, vem a raiva. Ser mais humilde, reduzir as nossas expectativas com relação aos outros nos ajuda a evitar a raiva. No fator biológico, precisamos descansar, dormir bem, senão nosso organismo já fica predisposto à explodir, emergindo a raiva.
Postar um comentário