sábado, 2 de maio de 2009

Avaliando relacionamentos


Também disponível em MP3.


Programa de 23/Abril/2009. Neste vídeo Padre Fábio de Melo atende a um homem que rompeu um relacionamento mas pergunta o que fazer pois está sofrendo ao manter esta decisão. Pe. Fábio diz que neste caso é preciso permanecer firme, caso ele tenha identificado que realmente esta decisão é a melhor opção para ambos. É preciso avaliar os relacionamentos para que se consiga identificar se é este o melhor caminho, às vezes se identifica que o relacionamento não está caminhando bem, e que tudo indica que no futuro será assim ou ainda pior, nestes casos é melhor sofrer um pouco agora com a separação do que sofrer continuamente durante a vida.

7 comentários:

Monicat disse...

Prezado Fabiano,
Não estou conseguindo ver esse vídeo aqui e nem diretamente no youtube, está dando erro... Pode verificar, por favor? Essa sua iniciativa é muito bonita, facilita a vida de quem não pode assistir o programa sempre. Obrigada! Que Deus o abençoe! Monica

Fabiano Castro Pereira disse...

Olá Monica, eu testei aqui e está funcionando normalmente, talvez tenha sido algum problema temporário.
Até mais.

Monicat disse...

Tentei agora de novo e ainda não consegui, mas realmente deve ser um problema temporário. Mais tarde tento novamente. Obrigada!

Monicat disse...

Bom dia, Fabiano. Ainda não estou conseguindo ver esse vídeo e estou achando estranho pois não consigo visualizar nenhum vídeo que vem do youtube, mas os vídeos do googlevídeos eu consigo ver... Tem alguma idéia de como me ajudar? Grata!

Fabiano Castro Pereira disse...

Olá Mônica, você está acessando os vídeos do seu local de trabalho? Algumas empresas barram o acesso ao YouTube, talvez seja por isso que você não consegue assistir.
Até mais.

Tatiana Estanislau disse...

Fabiano,

porque os áudios estão incompletos? Várias palestras terminam antes da conclusão da fala do Pe. Fábio...
Obrigada, Tatiana.

Fabiano Castro Pereira disse...

Olá Tatiana, no momento da conversão dos vídeos para MP3 geralmente fica cortado um pedaço do final, mas não passa de 1 ou 2 segundos no máximo.