quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Fazendo bolos


Também disponível em MP3.


Neste vídeo, Pe. Fábio fala de uma pessoa que perdeu duas filhas num trágico acidente, e que recentemente conseguiu novamente fazer um bolo que uma de suas filhas mais gostava. Desde a perda de suas filhas ela não fazia o bolo pois não tinha coragem. Mas com o passar do tempo, se esforçando para superar a perda, conseguiu fazer o bolo. Pe. Fábio diz que nestes pequenos gestos é que é possível ressuscitar as pessoas que já partiram, trazê-las presente novamente, reviver estes momentos que elas já não podem fazê-lo. Ele usa este acontecimento como uma metáfora para nossas vidas, é preciso constantemente fazer bolos com os ingredientes que a vida nos fornece, sejam eles bons ou maus ingredientes.

Esta vida que temos para viver é única, não podemos perder tempo excessivo com o sofrimento das perdas. O luto causado pela perda de uma pessoa querida é necessário e deve ser vivido com intensidade, mas não pode se prolongar. Se as pessoas que partiram estivessem conosco, nos diriam "Vai viver, vai viver por mim a vida que eu não posso mais".
Postar um comentário